Pouco se fala de Thomas Müller

 

Foto: Getty Images

    Pouco se fala de Thomas Müller. Mesmo tendo em seu currículo uma Copa do Mundo, 2 Champions, 2 Mundiais e 11 Bundesliga com o Bayern, o meio-campista alemão acaba não tendo a visibilidade que merece. Mas nem só de títulos vive o homem. Muller também teve um ótimo desempenho em maior parte da sua carreira, apresentando também ótimos números. Mas porque o meia alemão é tão subestimado?

    São diversos fatores que colocam Müller nessa prateleira de jogadores subestimados e um desses motivos é o seu estilo de jogo. Müller não se destaca tanto fisicamente, dando prioridade a um estilo de jogo mais inteligente. Além disso, mesmo com ele sendo um ótimo assistente nos últimos anos, seus passes não são belos como os que a internet gosta de admirar, por mais que sejam eficientes.


    O time sempre repleto de estrelas do Bayern fez com que Müller estivesse sempre ao lado de jogadores mais badalados, casos de Ribéry e Robben, por exemplo. Consequentemente, esse jogo mais "escondido" de Müller acabou sendo ofuscado pelas as estrelas que passavam pelo clube alemão. Um exemplo claro disso é Robert Lewandowski, que tivera números expressivos de gols nos últimos anos. Na seleção alemã, a história não é diferente. Mesmo num elenco que não teve uma clara estrela nos últimos anos, Müller não tem a importância que merece, apesar de suas 112 aparições e seus 44 gols.

    Jeito descontraído, com um estilo de jogo não muito apreciado mas muito importante para os anos de glória do Bayern. Esse é Thomas Müller. Mesmo que tenha sempre dividido campo com diversas estrelas, é um daqueles que merecia mais reconhecimento. Que a partir de hoje, apreciemos mais Thomas Müller.

Meros Boleiros

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem